>CONGREGAÇÃO CRISTÃ

>Comunidade Cristã de origem norte-americana está no Brasil desde 1910


Para meus amigos e conhecidos que tanto interroga! Muitos convertidos na congregação não sabe quem é Louis Frasncescon e nem se interessam pela sua história, mas eles não tem culpa quanto a isso. É uma pena muitos acharem que não ha importâcia em lembrar homem como este foi.  Este homem sera lembrado sempre pela sua braveza e obediência a Deus pelo que  executou. Não existe  memória sem história, tudo ficaria sem fundamento,vale apena relembrar neste cem anos de história as coisas boas que Deus fez para nós através do seu filho Jesus, Deus disse de Josué :

“Então lhes direis que as águas do Jordão se separaram diante da arca da aliança do SENHOR; passando ela pelo Jordão, separaram-se as águas do Jordão; assim estas pedras serão para sempre por memorial aos filhos de Israel.”  (Josué 4 : 7)

CCB – Congregação Cristã no Brasil

Comunidade Cristã de origem norte-americana está no Brasil desde 1910
Trazida pelo ítalo-americano Louis Francescon a CCB completa 100 anos.
● OrigemNo final do Século XIX, o italiano Louis Francescon recebeu, segundo seu relato, uma revelação acerca do batismo por imersão, que lhe advertia por não ter cumprido essa ordenança deixadopor Jesus Cristo.

Doutrina que o separou do grupo Presbiteriano-valdense ao qual pertencia.

Em 1907 na cidade de Chicago, na 943 W. North Ave (semelhantemente à Rua Azuza em Los Angeles, CA), havia uma missão que anunciava a Promessa do Espírito Santo com evidência de se falar novas línguas.

Francescon a convite visitou aquele serviço, conforme suas palavras, houve uma confirmação Divina que a Obra era de Deus. Prontamente o grupo que o acompanhava uniu-se aquela irmandade, a maioria recebendo o Dom de se falar línguas diferentes.
OBS: Em outra oportunidade falalrei mais a respeito de quem pregava na rua Azusa.

Estavam reunidas as doutrinas dos Batismos da água e do Espírito.

Vindo para o Brasil em 20 de abril de 1910,
Francescon realizou o primeiro batismo em
Santo Antonio da Platina, Paraná, batizando
o italiano Felicio Mascaro e mais dez pessoas,
em 05/06/1910.

Depois dirigiu-se para a cidade de São Paulo, onde foram batizadas mais vinte pessoas.

Durante alguns anos, os fiéis reuniram-se sem denominação e após adquirirem o primeiro prédio, na cidade de São Paulo, foi escolhido o nome “Congregação Christã do Brasil“, oficializado quando da realização da Convenção, em 1936.

Nos anos de 1960 por questões internas substituiu-se a contração “do” pela contração “no“.

Até a década de 1930 a maioria dos membros
era de origem italiana, depois então passaram
a receber as demais etnias.
Desde 1950 está presente no Brasil
e em diversos países.
A igreja central está localizada em São Paulo,
no bairro do Brás, onde o Ministério reúne-se
anualmente em Assembléia Geral quando são
estabelecidas convenções e ensinamentos.

Em 2007 reportou 16.926 igrejas no Brasil. Em 2000 havia acerca de 2,4 milhões de fieis declarados.

● Em outros paises
Segundo seu Relatório Anual de 2010, a CC possui igrejas nos paises: África do Sul, Alemanha, Andorra, Angola, Argentina, Bélgica, Bolívia, Brasil, Cabo Verde, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Costa do Marfim, Egito, El Salvador, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Filipinas, Gana, Grécia, Guatemala, Guiana, Guiana Francesa, Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Índia, Inglaterra, Irlanda, Irlanda do Norte, Israel, Itália, Japão, Malawi, México, Moçambique, Nicarágua, Nigéria, Nova Zelândia, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Democrática do Congo, República do Congo, República Dominicana, Russia, São Tomé e Príncipe, Síria, Suíça, Suriname, Uruguai, Venezuela e Zimbábue.

● Na América
A Assemblea Cristiana de Chicago, entre 1908 – 1909, cerca de vinte imigrantes italianos foram anunciar sua fé a seus compatriotas residentes em outros estados americanos entre eles: Giácomo Lombardi, Giuseppe Beretta, Pietro Ottolini, Lucia de Francesco Menna, Umberto Gazzari, Michele Palma e Massimiliano Tosetto.

O resultado pode ser visto pelas estatisticas do movimento pentecostal em 1936: as igrejas italianas se espalhavam por todo E.U.A., com um total de 9.567 pessoas.

Devido a crises doutrinárias, os anciães Louis Francescon e Massimiliano Tosetto (Niagara Falls, NY), com o auxílio de Michele Palma (Syracuse, NY) consideraram necessária à realização de uma Assembléia Geral dos anciães das igrejas ítalo-americanas. O local foi à igreja de Niagara Falls, NY, e a data 30 de abril a 01 de maio de 1927.

Nele são elaborados e aceitos pelas comunidades os 12 artigos de (listados abaixo). Além de definir um credo doutrinário básico para as igrejas do movimento, o concilio também lançou as bases para uma organização eclesiástica.

Alterando seu caráter original, em 1928 é criada a “Unorganized Italian Christian Churches of U.S.A” permitindo que as igrejas locais se incorporem (se tornem pessoa jurídica) sob esse nome conforme as leis dos diversos estados. Ela funcionará como uma comunhão de igrejas autônomas cujos anciães se reunirão anualmente para tomar decisões e não como uma denominação.

Na década de 1940, o movimento sofre com as alterações doutrinárias até que em 1948 foi criada então, já com personalidade jurídica (incorporated) a Missionary Society of the Christian Church of North América, com sua sede em Pittsburg, Pennsylvania.

O Concilio Geral continuará sem personalidade jurídica até 1963, quando na convenção realizada em Philadelphia, Pennsylvania, sua incorporação foi aprovada. Surge então “The General Council of the Christian Church of North América”, que hoje tem sua sede na cidade de Transfer, PA, como o nome “International Fellowship of Christian Assemblies”.

Quanto a Assemblea Cristiana di Chicago, continuará sua existência de forma livre, não ligada a corrente principal do movimento, ficando sob a direção de Pietro Menconi, até seu falecimento em 1936.

Após a reaproximação das facções em 1945 ela não retornará a comunhão oficial com as demais igrejas italianas (exceto entre 1963 e 1980 quando afiliou-se à Christian Church of North America) permanecendo até hoje independente como uma igreja multi-étnica.

Um grupo dissidente dela em 1967 filia-se as Assemblies of God, sendo hoje conhecida como Belmont Assembly of God.

Nos anos 1980 foi criada a Christian Congregation in the United States, que agrupa membros diversos como brasileiros, portugueses, hispânicos e alguns oriundos de antigas congregações italianas.

Essa denominação tem ainda pouca expressão, mesmo se comparada a organização dos anos 1930.

● Em Porugual
No retorno do emigrante português Domingos de Sá em 1938 de São Paulo, Brasil, onde conhecera a Congregação Cristã no Brasil. O núcleo original da Congregação Cristã em Portugal foi na cidade do Porto, e durante o regime salazarista a CCP foi perseguida, o que levou a emigração de crentes portugueses para a França, Holanda, Luxemburgo, Suíça e Bélgica, resultando as Congregações Cristãs daquelas nações.

Só depois da Revolução dos Cravos em 1974 a CCP foi oficializada e o primeiro local de reunião pública aberto no Porto. Em 2006 haviam aproximadamente 200 congregações em Portugal, com 30.000 membros. Embora em todo o território nacional, a maior parte está concentrada no vale do Rio Douro, onde é a maior denominação evangélica da região.

Desde a década de 1990, a CCP recebeu um influxo de brasileiros, principalmente aos arredores de Lisboa e no Sul. A lembrança da perseguição religiosa e faz que a CCP defenda a separação entre Igreja e Estado sendo membro da Aliança Evangélica Portuguesa.

● Doutrinas
No ano de 1927, na cidade de Niagara Falls, NY, houve uma Assembléia Geral da CC onde definiram seus 12 Dógmas de Fé:
1. Crença na Bíblia como sendo a infalível palavra de Deus, inspirada pelo Espírito Santo (II Pedro 1:21; II Timóteo 3:16-17; Romanos 1:16);
2. Crença na existência de um só Deus, com três pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. (Efésios 4:6; Mateus 28:19; I João 5:7);
3. Crença na natureza divina e humana de Jesus Cristo e na sua morte por culpa de todos os homens (Lucas 1: 27-35; João 1:14; I Pedro 3:18);
4. Crença na existência pessoal do diabo e seus anjos, que estão condenados ao fogo eterno (Mateus 25:41);
5. Crença no novo nascimento pela fé em Jesus Cristo e na sua ressurreição para justificar os crentes (Romanos 3:24-25; I Corintos 1:30; II Corintos 5:17).
6. Crença no Batismo na água, com uma só imersão, para perdão dos pecados (Mateus 28:18-19);
7. Crença no Batismo do Espírito Santo, com a evidência de novas línguas (Atos 2)].
8. Crença na Santa Ceia com um só pão partido com a mão e um só cálice, para relembrar a morte de Jesus Cristo (Lucas 22:19-20; I Corintos 11:24-25).
9. Crença na necessidade da abstenção das coisas sacrificadas aos idolos, da fornicação, do sangue e da carne sufocada (Atos 15:28-29; 16-4; 21-25).
10. Crença que Jesus Cristo tomou sobre Si as enfermidades dos homens, praticando-se, assim, a unção com azeite para apresentar o enfermo ao Senhor (Mateus 8:17; Tiago 5:14-15).
11. Crença no retorno de Jesus Cristo e no arrebatamento dos fiéis (I Tessalonissenses 4:16-17; Apocalipse 20-6);
12. Crença na ressurreição dos mortos em novos corpos; no Juízo Final e no tormento eterno para injustos e vida eterna para os justos (Atos 24:15; Mateus 25:46).

● Cultos
A liturgia segue uma ordem pré-estabelecida, mas sem uma liturgia fixa, assim os pedidos de hinos, orações, testemunhos e a pregação da Bíblia são feitos de forma espontânea, baseados na inspiração do Espírito Santo. Serviços solenes, atmosfera formal; desse modo evitam-se manifestações individualizantes, mas preza-se a participação coletiva.

● Cultos de Jovens e Menores
Ao término dos cultos os jovens se reunem para uma conversa
informal interagem como em qualquer outro convívio sacial

Práticas nos cultos como:
- uso do véu pelas mulheres; – uso do ósculo na saudação entre
irmãos e irmãs de per si; – assento separado entre homens e mulheres; – Orações de joelhos podem até três orações no início dos cultos e uma no final deagradecimento.

A Palavra e a Exortação:
São permitidas até três pregações no mesmo culto, todavia, decidiu-se
que uma única pregação é suficiente, evitando-se, assim, que uma pregação se sobreponha à outra.

O padrão de realização dos Cultos é igual em quaisquer de seus templos.

● Ministérios
Organizado e servindo sem expectativas de receber salários e é distribuído segundo as necessidades de cada localidade, a saber:
Ancião – responsável pelo atendimento da Obra, realização de batismos, santas ceias, ordenação de novos obreiros (anciães e diáconos), apresentação de Cooperadores do Ofício Ministerial, encarregado de conferir ensinamentos à igreja, cuidar dos interesses espirituais e do bem-estar da igreja, entre outras funções;
Diácono - responsável pelo atendimento assistencial e material à igreja. É auxiliado por irmãs obreiras chamadas de “Irmãs da Obra da Piedade”. Assim como o ancião, atende a diversas congregações de sua região;
Cooperador do Ofício Ministerial – responsável pela cooperação nos ensinamentos e presidência de cultos oficiais e de jovens em uma determinada localidade (desde que não haja um Cooperador de Jovens e menores responsável por essa localidade), não podendo realizar batismos.
Cooperador de Jovens e Menores – responsável de atender as reuniões de jovens e menores de sua comum congregação.
Músico – membro habilitado e depois de passar por testes musicais é oficializado para tocar nos cultos e demais reuniões.

● Cargos
Encarregado de Orquestra – músico oficializado, designado para coordenar o ensino musical e organizar ensaios musicais da Orquestra.
As “Examinadoras” são organistas mulheres, oficializadas, designadas para avaliar outras organistas aprendizes no processo de oficialização.
Auxiliar de Jovens e Menores – são jovens, homens e mulheres solteiros, designados para preparar e organizar os recitativos das reuniões, individuais ou em grupo.
Administração - ministério material, constituído por Presidente, Tesoureiro, Secretário, Auxiliares da Administração, Conselho Fiscal e Conselho Fiscal Suplente. Os administradores são eleitos a cada três anos e o Conselho Fiscal anualmente, durante a Assembléia Geral Ordinaria. É permitida a recondução ao cargo. Para construções de templos, utilizam-se de voluntariado mobilizado em esquema de mutirão.

Para outros serviços burocráticos das igrejas como: portaria, limpeza, som, fundo biblico sem fins lucrativos, etc.. também são escolhidos dentre os membros, voluntários que não possuem expectativa de receber salário.

● Social
Obra da Piedade, são  as esposas dos conselheiros ou mulheres batizadas que participam da igreja local cuidam da assistência aos necessitados da Igreja. Aos Diáconos competem assistênciar às
casas de oração, administra e aplica ofertas e coletas nas Obras da Piedade e viagens missionárias.

● Organização:
- Segundo os seus Estatutos, não possuiem registros de membros, considerando que estes devem responder somente a Deus;
- Não há o dízimo e mantém-se pelo espírito voluntário dos irmãos, que contribuem com coletas anônimas e exercem seus ministérios sem expectativa de dinheiro ou bens materiais.

As mudanças de caráter doutrinário são discutidas em assembleia anual e pelo Conselho de Anciãos formado pelos anciãos mais antigos no ministério e não necessariamente de idade. Nestas assembleias são considerados “Tópicos de Ensinamentos“, os quais, tomados em reuniões e por oração, tratam de assuntos relacionados à doutrina, costumes e comportamento na atualidade.

● Orquestra
É atualmente pelo que se sabe, a maior orquestrada de uma organização do PLANETA, com aproximadamente 250.000 músicos. A orquestra foi introduzida na Congregação em Maio de 1932, afim de criar um conjunto de músicos que auxiliasse a irmandade no canto dos hinos.

Nos ensaios formam um verdadeiro exército de músicos. Chegam a agrupar em um só ensaio regional, mais de mil músicos. Nos ensaios locais (bairro) é possível reunir uma média de cem músicos. Uma orquestra de música sacra muito valorizada. Provê aos fiéis escolas musicais gratuitas em suas dependências.

Compõem a orquestra os seguintes instrumentos:
- Violino, Viola, Violoncelo, Flauta transversal, Oboé, Fagote, Clarinete, Clarone, Acordeon, Saxofone-soprano curvo, soprano, alto, tenor, barítono e baixo, Trompete Pocket, Cornet, Trompa, Trombonito, Trombone, Saxhorn, Bombardino, Bombardão, Flugelhorn e Órgão.

O Órgão
No Brasil é de liberdade de execução somente à mulher e os demais instrumentos somomente aos homens.

Porém, em países com poucos membros as
Irmãs possuem liberdade para executar os demais instrumentos também de modo a compor melhor a orquestra.

O hinário é intitulado de “Hinos de Louvores e Súplicas a Deus
e encontra-se na sua 4ª. edição, datada de 1965 quando foram adicionadas novas melodias e poesias. Possui muitas melodias de autores norte americanos e italianos, com algumas poesias traduzidas e
semi-traduzidas do inglês e do italiano.
São 450 hinos:- Batismos, Santas Ceias, Funerais, 50 para as “Reuniões de Jovens e Menores” e sete coros.

Os hinários com notação musical seguem o modelo europeu, contendo as claves de Sol e de Fá, e estão escritos para instrumentos em Dó, Mi bemol e Si bemol.

Não se produz gravações de seus hinos, nem mesmo as autoriza.

OBS: Nos ultima década  muitos membros vem gravando hinos e outras canções tudo particular por vontate própria nada profissional, sem fins lucrativo, somente para os membros louvarem a deus nos seus lares.  

OBS: Veja aqui o Marcão como é conhecido Encarredo  Regional de orquestra é como se fosse o responsavel por toda parte musical na quela região. Perfeito !
Maestro Marcos da Cidade de Cabriúva/SP (gravado com um celular):
- http://is.gd/bH68n
- http://is.gd/bH6ao

Outros ensaios de orquestra, coral, canto e outros instrumentos (gravados por celular):
022 – Conserva a paz – http://is.gd/bH6dT
028 – Grande Festa haverá – http://is.gd/bH6fV
045 – Tu és o oleiro – http://is.gd/bH6i3
064 – Cristo Luz do mundo – http://is.gd/bH6k6
057 – Mais grato a Ti – http://is.gd/bH6lW
079 – Oh alma que chora – http://is.gd/bH6o5
157 – Que bela herança – http://is.gd/bH6q2
180 – Se muitos soubessem – http://is.gd/bH6rC
188 – Louvemos ao Rei… – http://is.gd/7iuhQ
190 – O meu vero amigo… – http://is.gd/7iua5
216 – Não me cansarei de… – http://is.gd/bH6yg
227 – A descida do ES – http://is.gd/bH6zV
307 – Vim a serviço do meu Rei – http://is.gd/bH6D9
338 – Minha Alma engrandece – http://is.gd/bH6ES
346 – Paz seja em vos – orquestrado – http://is.gd/bH6Gz
355 – Avante! Coragem! Marchemos! – http://is.gd/bH6Ig
384 – Não dorme o guarda de Israel – http://is.gd/bH6JT
390 – Eis que multidão mui grande – orquestrado- http://is.gd/bH5X4
390 – Eis que multidão – coral e orquestra – http://is.gd/bH6Nw
420 – Alegria sinto em servir… http://is.gd/bH6LN
425 – Somos joias… – http://is.gd/bH6Pc

A nova Central em Curitiba, substitui a Central da Rua São Mateus. Ambas no Bairro do Portão.
Observe bem porque a congregação tem a maior arquestra do mundo. 
 No dia 28/02/1999, nesta casa de oração houve um ensaio regional com  1.749 músicos: veja o numeros de instrumentos :Violinos 261, Viola 18, Violoncelo 24, Flauta 93, Oboé 03, Fagote 07, Clarinete 235, Clarone 03, Acordeão 08 ,Sax-nino 06, Sax-soprano 44, Sax-alto 248, Sax-tenor 59, Sax-barítono 28, Sax-baixo 01, Trompete 201, Pocket 03, Trompa 08, Trombone 224, Barítono 10, Bombardinos 178, Bombardão 75, Tuba Sinfônica 05, Baixo Vertical 07, Órgão 01.

Política:
- Uma organização religiosa apolítica, crendo na separação total entre Estado e religião.
- Não mantém ligação, nem se manifesta de forma alguma em relação a partidos políticos, candidatos a cargos públicos, ou qualquer outra instituição ou organização, governamental ou não.
Se alguém de seu corpo ministerial aceitar cargos políticos, deverá renunciar ao seu cargo congregacional. Os fieis são doutrinados a não votar em candidatos que neguem a existência de Deus e a Sua moral.  

Telecomunicações e  Mídia
A CCB não possui propaganda em meios de comunicação como rádio, televisão, imprensa escrita, ou qualquer outro tipo de propagação da sua doutrina que não seja o frequentar quaisquer de suas igrejaspelos interessados em conhecê-la. Ivani esta é a Central e fica em Vila Izabel-RJ

Não produz gravações de seus
cultos e nem mesmo autoriza a
comercialização de qualquer
outro produto.

O batismo é por imersão
A saber: O maior batismo da CCB deu-se no Brás- São Paulo/SP Brasil em 22/04/2001 Das 09:00 as 13:40 hs. Atendeu o Ancião do local, Irmão Américo Rodrigues Moleiro. Foram batizados 383 Irmãs e 306 Irmãos, num total de 689 Irmãos.  Haviam cerca de 10 mil pessoas.

A vasca para batismo que fica comumente no interior de alguns
templos centrais

A Históriahttp://is.gd/bGw07

Algumas outras fotos das igrejas – http://is.gd/bGu6y

● Conclusão
A CCB é uma comunidade civíl-religiosa de doutrina apostólica, fundamentada na Bíblia Sagrada. Nela não há hierarquia, entretanto, é respeitada a Antigüidade do Ministério. Característica do Ministério é ser formado por voluntários. Não há remuneração para cargo algum. Todo trabalho é espontâneo e voluntário.

A função do “ancião” é a de ir de igreja em igreja pregando a doutrina e batizando novos membros, é a pessoa que domina os ensinamentos eclesiásticos e detém profundos conhecimentos na Escrituras Sagradas, somente sendo ordenado após muita oração e confirmação do Espirito Santo.

Na parte secular há o Ministério da Administração que desenvolvem seus trabalhos com rigor e na parte Espiritual não há governo humano pois só o Divino prevalece. A função do Cooperador é liderar a igreja local, dirigir os cultos e presidir o conselho.

Os músicos são considerados oficializados após submeterem-se e serem aprovados em exame teóricos e práticos, e devem apresentarem-se aos cultos com traje social; sua conduta deve ser exemplar.
Não há o costume de “consagrar” o instrumento musical, mas o músico, através da oficialização.
Retirado do site: http://www.congregacaocristanobrasil.e1.com.br/

Minhas consideraçôes finais 
Fica aqui este trabalho muito bem especificado sobre a congregação, não tenho muito a relatar espero que todos possam entender melhor esta tão grande obra evangélica.

About these ads